Evolução sem Deus

#396

Evolução sem Deus

Apesar de eu ter feito um curso de antropologia na Universidade Estadual de San Jose, California cerca de 10 anos atrás, o instrutor fez uma pesquisa no primeiro dia de aula perguntando aos alunos se estávamos ali porque:

1) Deus criou o mundo que conhecemos, incluindo os seres humanos em sua forma atual.

2) Deus guiou a evolução até o presente

3) Evolução sem Deus pelo acaso e seleção natural.

O instrutor terminou a pesquisa dizendo que até o final do curso ele iria convencer a classe que #3 é, de fato, a verdadeiro. Um dos exemplos que ele usou foi o argumento envolvendo membros vestigiais e partes do corpo. Ele apontou para a semelhança entre seres humanos e girinos com caudas no estado embrionário, baleias com articulações do quadril,cães com dedo do pé no alto de suas pernas que é inútil, trilha genética mostrando que um casco de cavalo é realmente o dedo do meio que continuou a crescer mais do que os outros, etc.

Gostaria muito de ouvir a resposta do Dr. Craig para tal evidência. Eu tenho sido fortalecido pelo seu ministério e vou continuar a apoiá-lo. Por favor, sinta-se livre para parafrasear a minha pergunta para corrigir eventuais erros gramaticais.

Tudo de bom,

Joaquin

Estados Unidos

United States

Uau! Eu acho que a sua pergunta mostra que o professor retratado no filme "Deus não está morto" não é apenas uma caricatura! Levando em conta o fato de que você está lembrando as palavras de seu professor depois de um espaço de 10 anos, eu tenho que dizer que o argumento dele é simplesmente risível. Como é que os acadêmicos profissionais em nossas universidades estaduais podem se safar com tal besteira?

Em primeiro lugar, quem é que deve acreditar (1) Deus criou o mundo que conhecemos, incluindo os seres humanos em sua forma atual? Nem mesmo os fundamentalistas bíblicos que acreditam que o mundo foi criado em seis dias consecutivos de 24 horas alguns milhares de anos atrás acreditam em que tal coisa. Os chamados criacionistas da Terra Jovem mantêm que Deus criou certos "tipos" de animais e plantas que foram então permitidos a evoluir. Eles não têm, portanto, nenhum tipo de problema com evolução canina ou equina de um ancestral primitivo. Quanto às partes vestigiais, como o cóccix humano, os criacionistas podem apontar para as funções úteis que estas peças tem, como ancorar os músculos do esfíncter que fecham o ânus, na ausência dos quais, bem, você entendeu a ideia. A alegação de que a semelhança de um embrião humano com um girino é evidência do desenvolvimento evolutivo humano é um argumento constrangedor e desacreditado.

A evidência para o desenvolvimento evolutivo das baleias vai ser mais difícil para o criacionista manusear. Ele provavelmente vai dizer que Deus pode ter usado um plano de design para mamíferos aquáticos semelhante ao dos mamíferos terrestres, e que a sua semelhança, portanto, não mostra conexão evolucionária. Poderíamos pensar, no entanto, que essas semelhanças são mais plausivelmente explicadas como devidas ao desenvolvimento evolutivo de uma coisa da outra. Mesmo assim, isso seria, no máximo, mostrar que os "tipos" primitivos eram mais amplos do que a princípio imaginado pelos [criacionistas da] Terra Jovem.

E em qualquer caso, como é que tal desenvolvimento evolutivo invalidaria a opção (2) Deus guiou a evolução até o presente? Essa opção afirma que Deus usou mutações e seleção natural para trazer as formas de vida que vemos hoje. Eu considero óbvio que nada do que você relatou que seu professor disse refuta essa alternativa.

Então, eu tenho que pensar que havia mais na defesa dele para (3) do que o que você se lembra! Onde está o argumento dele contra a evolução orientada por Deus? Onde está o argumento dele de que a evolução da complexidade biológica encerrando no homo sapiens ocorreu, ou até mesmo poderia ter ocorrido, sem Deus? Observe que (3) Evolução sem Deus pelo acaso e seleção natural não é uma teoria científica, mas uma reivindicação filosófica ou metafísica. Então, que argumento ele pode oferecer em nome de (3)?

Eu mesmo sou cético sobre (3). Para saber por que, eu sugiro que você assista o meu debate com o biólogo evolucionista Francisco Ayala ou leia meus Defenders II palestras sobre "Criação e Evolução".

William Lane Craig