O que Faço Agora que Estou Convencido?

#412

O que Faço Agora que Estou Convencido?

Eu sou um médico (pneumologia) e, até recentemente, tenho sido um ateu ao longo da vida, embora um que via grande valor não-religioso na cultura e civilização judaico-cristã. Tornei-me cada vez mais convencido pelos argumentos morais de que o ateísmo não pode levar a uma sociedade com valores morais e, portanto, pelos argumentos morais em favor da existência de Deus. Seu site, seus debates e seu livro Reasonable Faith, juntamente com C. S. Lewis e outra leitura, agora têm-me convencido pelo menos da probabilidade do cristianismo.

A minha pergunta é: quais são os melhores passos a seguir para alguém que tenha tomado esse caminho intelectual raro em direção ao cristianismo? Como alguém que nunca frequentou a igreja, que não tem denominação preferida ou tradição familiar, é um pouco difícil saber por onde começar. Qualquer conselho seria bem-vindo. Muito obrigado pelo seu site extremamente útil e o trabalho, e por a clareza de pensamento por trás dele.

Mark

Canadá

Canada

É um grande incentivo receber sua carta, Mark! Estou tão feliz que você tenha pensado nas implicações da condição humana e no argumento moral em favor da existência de Deus.

Então vamos supor que o cristianismo seja provavelmente verdadeiro. O que você deve fazer a seguir? Várias coisas vêm à mente:

1. Em primeiro lugar, faça um compromisso pessoal de confiar em Cristo como seu Salvador e Senhor. Uma coisa é (e uma parte vital do ser cristão) dar assentimento (ou consentimento) intelectual para as reivindicações de verdade ou para as doutrinas do cristianismo, mas não é tudo. O assentimento intelectual agora precisa ser seguido de confiança. Confiar em Cristo como Salvador significa confiar em Deus para perdoar seus pecados baseado unicamente sobre a morte sacrificial de Cristo. Isso significa que não estamos confiando, de nenhuma forma, em nossa boas obras para nossa salvação ou para nossa conversão em aceitáveis ​​a Deus. A salvação é somente pela graça. Não há nada que possamos fazer para ganhar o perdão de Deus; só podemos humildemente e com gratidão recebê-la. Confiar em Cristo como Senhor significa que você está dando toda a sua vida a Cristo para seguir e obedecer-lhe. Confiar em Cristo não é apenas uma espécie de seguro contra incêndio. Confiar em Cristo é um compromisso com ele de tudo o que você é e tudo o que tem. Isto não é mais do que lhe é devido, pois ele é Deus encarnado, e só Deus é digno de adoração.

Se você quiser fazer esse compromisso, Mark, eu encorajo-o a fazer a seguinte oração por você mesmo:

"Deus, eu realmente preciso de Você. Eu tenho vagado na escuridão por tempo demais. Eu tenho pensado, dito e feito coisas que estão erradas. Eu acredito que você existe e que você enviou Jesus para morrer por meus pecados. Então, agora, da melhor maneira que eu sei, eu me comprometo com ele como meu Senhor e Salvador. Entre em minha vida, perdoe meus pecados, purifica-me e me transforme na pessoa que você quer que eu seja. Obrigado por ouvir esta oração. Amém".

2. Examine-se para assegurar que quando confiou em Cristo você recebeu o seu Espírito Santo. Esta será a garantia de que a sua fé e compromisso são genuínos. Pergunte a si mesmo o que Paulo perguntou aos Efésios: "Vocês receberam o Espírito Santo quando creram?" (At 19:2). Repetidas vezes no Novo Testamento você vê que uma pessoa não é verdadeiramente um cristão a menos e até que essa pessoa tinha recebido o Espírito Santo de Deus. É a presença do Espírito Santo em uma pessoa que faz dela um cristão. Às vezes a pessoa sente uma vida nova dentro de si. Outras vezes outras pessoas podem sentir a mudança em você antes de você senti-lo.

Por que a presença do Espírito Santo é tão crucial? Simplesmente porque estamos mortos espiritualmente separados dele. Quando o Espírito Santo entra em você, ele faz você espiritualmente vivo outra vez, para que você possa conhecer e experimentar Deus. Para dar uma analogia, existem ondas de rádio em torno de nós o tempo todo, até mesmo passando através de nossos corpos, mas se o rádio está morto, você não pode ouvir a transmissão. O problema não é com o transmissor; o problema é com o receptor. Se você recebesse um novo receptor, então você pudesse sintonizar a transmissão alta e clara. Da mesma forma, os nossos receptores espirituais estão mortos por causa do pecado, e por isso não experimentamos a presença de Deus. Quando o Espírito Santo entra em uma pessoa, ele pega o receptor morto e o vivifica para que você possa sintonizar (-se) com Deus.

Esta "vivificação" é chamada de regeneração. Precisamos ser regenerados espiritualmente, ou nascer de novo. Assim, quando Jesus estava falando uma vez com um líder judeu chamado Nicodemos, ele disse-lhe:

"Em verdade, em verdade lhe digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o Reino de Deus." Disse-lhe Nicodemos: "Como pode um homem nascer, sendo velho? Ele pode entrar pela segunda vez no ventre de sua mãe, e nascer?"Jesus respondeu: "O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito. Não te admires de eu dizer-lhe: 'Você deve nascer de novo'".

Aqui Jesus deixa claro que ele está falando sobre a necessidade de um renascimento individual e espiritual, o qual é produzido pelo Espírito de Deus. Além disso, ele enfatiza que este novo nascimento é o requisito essencial para a entrada no Reino de Deus. Para encontrar Deus como uma realidade espiritual em nossas vidas, precisamos nascer de novo espiritualmente ao confiar em Cristo, pelo que, se a nossa fé é genuína, nós recebemos o Espírito Santo.

3. Empreenda um programa de leitura diária da Bíblia e oração. Nós falamos com Deus através da oração e Ele fala conosco através da Sua Palavra, a Bíblia. Eu sugiro que você comece a ler os evangelhos no Novo Testamento, pois estes contêm a história e os ensinamentos de Jesus. Procure aplicar em sua vida o que você ler. Eu o encorajo, também, a começar a ouvir os nossos podcasts da Classe Defenders [Defensores] de forma sistemática. Esta é uma classe sobre a doutrina e apologética cristã. A classe vai alimentar sua alma intelectual e espiritualmente e ajudá-lo a discernir o erro teológico quando você enfrentá-lo.

Fale com Deus em oração constantemente durante todo o dia. Quando você escorregue e cometa algo errado, não tente ocultá-lo [varrer para debaixo do tapete], mas confesse-o imediatamente a Ele e peça o Seu perdão e purificação. Cada dia quando você se levante, tire um momento em oração silenciosa para dar sua vida ao Espírito Santo e peça-lhe para orientar e capacitar você. Ao você dar sua vida a ele, ele gradualmente vai mudar você de dentro para fora para se tornar uma pessoa melhor.

4. Junte-se com outros crentes na adoração a Deus. Estou tão feliz que você esteja pensando em a frequentar a igreja, Mark. Sim, encontrar uma boa igreja pode ser extraordinariamente difícil. Aqui estão algumas dicas. Tem sido dito que o caráter teológico de uma igreja é determinada por sua pregação e sua música. Portanto, procure uma igreja onde o pastor exponha fielmente a Bíblia em seus sermões. Os sermões devem lidar com passagens bíblicas específicas, e a exposição do ministro deve iluminar o texto para você. Procure também por uma igreja onde os grandes hinos da igreja são cantados, hinos por pessoas como Isaac Watts e Charles Wesley. Preste muita atenção nas palavras que você está cantando. Estes hinos são teologicamente ricos e aprofundam a sua adoração a Deus. Fique longe, se você puder, de igrejas com bandas de culto pop, cantando cantigas repetitivas e superficiais. Apesar de seu apelo inicial, tal música pode vir a interromper seu crescimento e levar a uma igreja tão superficial quanto sua música.

Você vai derivar grande força de estar na companhia dos crentes que adoram. Diga aos outros da sua decisão de seguir a Cristo. Diga ao ministro que você gostaria de ser batizado como uma proclamação pública de sua nova fé em Cristo. O batismo é o ato culminante de sua conversão, pois nele nós nos identificamos publicamente com a morte e ressurreição de Cristo. Então se envolva na igreja, usando quaisquer talentos e habilidades que você tenha para servir os outros. Isso irá ajudá-lo a tornar-se orientado aos outros em vez de auto-orientado.

5. Espere problemas. A vida cristã é um campo de batalha onde todos os tipos de forças culturais e espirituais negativas estão em ordem contra você. Você pode ser menosprezado ou perseguido por escolher seguir a Cristo. Dificuldades podem entrar em sua vida. As coisas podem não sair como você esperava. Não desanime. Jesus disse a seus seguidores que eles deveriam esperar tais provações. Peça a Deus a força para perseverar.

Que Deus o guie ao você fazer essa mudança radical de ateu a cristão!

William Lane Craig